Notícias e Informativos

Gestores públicos de Itiquira se reúnem com diretores do Sebrae MT

O prefeito de Itiquira (362 km ao sul de Cuiabá), Fabiano Dalla Valle (PP), em visita técnica ao Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Mato Grosso (Sebrae MT) conheceu de perto as instalações do Centro Sebrae de Sustentabilidade (CSS) e se reuniu com o superintendente José Guilherme Barbosa Ribeiro e com a diretora técnica, Eliane Chaves, na manhã desta quinta-feira, 17/2.

Estava acompanhado do presidente da Câmara Alcides A. Campos Ferreira, e do coordenador de Estudos e Projetos de Itiquira, Paulo Donato Cavalcante Junior, que participou durante toda a tarde de uma série de apresentações sobre as inúmeras atividades desenvolvidas no município no âmbito do Programa de apoio à recuperação do bioma Pantanal – Pró-Pantanal.

O Pró-Pantanal é iniciativa formatada pelo Sebrae nos estados de Mato Grosso e de Mato Grosso do Sul com vistas à retomada da economia na região pantaneira por meio de ações de apoio às micro e pequenas empresas no território que iniciaram em 2021  e se estendem até 2023.

Itiquira é um dos sete municípios de MT a receber ações do programa. Os demais são: Barão de Melgaço, Cáceres, Lambari d’Oeste, Nossa Senhora do Livramento, Poconé e Santo Antônio do Leverger.

O prefeito destacou que o município tem várias situações que estão sendo abarcadas pelo programa Pró-Pantanal, e aponta como uma de suas prioridades a modernização da gestão pública. “Como o Pró-Pantanal atua em muitas áreas, nós queremos aproveitar ao máximo esta oportunidade e fazer de tudo para dar continuidade aos trabalhos mesmo depois que o Sebrae encerrar o programa em 2023”.

Citou algumas iniciativas como uma reforma administrativa que está sendo implementada, que inclui a criação da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, cujo secretário será Paulo Donato.

O município está implantando o aterro sanitário e a coleta seletiva. Suênia Sousa enfatizou a importância de criar uma cadeia produtiva de resíduos sólidos como uma alternativa mais eficiente.

O superintendente José Guilherme Barbosa Ribeiro se disse muito feliz quando um trabalho encontra eco e enfatizou a importância de trabalhar com a cooperação. “Para que as coisas dêem resultado é vital ter uma ambiência favorável, boa receptividade e disponibilidade para o trabalho”.

Lembrou que o Pró-Pantanal é o primeiro programa do Brasil a trabalhar um bioma de forma integral. “A gente pode transformar o Pantanal em um modelo de desenvolvimento sustentável. O mundo está com uma lupa gigante sobre o Brasil, especialmente sobre Mato Grosso”.

Para ele, o Pantanal é como uma pérola que pode ser transformada numa bela joia.

A diretora técnica, Eliane Chaves, chamou a atenção para aspectos fundamentais nesse processo, como educação, cadeia de resíduos e inovação. “Dependendo do olhar que se tem, pode-se chegar a um novo alcance de desenvolvimento sustentável”.

As atividades desta quinta-feira foram conduzidas pela gestora do Pró-Pantanal, Suênia Sousa. A apresentação das tecnologias do CSS foram feitas pela gerente de Negócios Sustentáveis, Helen Camargo; e pelos analistas técnicos Nager Amui; Rhauan Romagnolli Dias e Elton Menezes. A gerente da agência Sebrae em Rondonópolis, Érika dos Santos Silva, também acompanhou os trabalhos.

No período da tarde, foram apresentadas as ações realizadas, os primeiros resultados, bem como o planejamento para 2022 do Programa Pró-Pantanal no município de Itiquira.