CONTROLE INTERNO

LEGISLAÇÃO



ITIPREV

INFORMATIVO

Itiquira participa da olimpíada de língua portuguesa 6ª edição

69565676_1577500532402117_6486529686552707072_n

A Rede Municipal de Educação participa da Olimpíada de Língua Portuguesa na sua 6ª edição. Para este ano o tema “O lugar onde vivo” levou os alunos a uma reflexão de sua própria realidade e as atividades foram muito produtivas e significativas para os alunos e também professores.
Breve histórico: foi criado em 2002 pela Fundação Itaú Social e o Cenpec – Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária, com o objetivo de contribuir para a melhoria da leitura e escrita de estudantes de escolas públicas brasileiras, o Programa Escrevendo o Futuro transformou-se em política pública em 2008, por meio da parceria com o Ministério da Educação e a realização da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro.
Nesta edição, o tema para a produção textual dos estudantes é o “O lugar onde vivo”, em que os alunos serão convidados a aprofundar o conhecimento sobre a realidade que estão inseridos, assim, exercendo e contribuindo para o desenvolvimento da cidadania. Cada ano/série ficará responsável por um gênero textual. As categorias são de poema para estudantes do 5º ano do ensino fundamental, memórias literárias para o 6º e 7º anos, crônica para os 8º e 9º anos, documentário para o 1º e 2º ano do ensino médio e artigo de opinião para o 3º ano. A Olímpiada se desenvolve nas seguintes etapas: oficinas nas escolas, etapa escolar, etapa municipal, etapa estadual, etapa regional, etapa nacional e finaliza com o evento de premiação aos alunos ganhadores.

As professoras Josceana Campos Boaventura e Márcia Janjacomo, com o intuito de resgatar memórias “do lugar onde vivo”, convidaram para uma roda de conversa alguns moradores pioneiros de nossa cidade, sendo eles: Nelson Velasco, Álvaro Castelo Branco, José Campos Filho e José Alves Figueiredo com o objetivo de aproximar os alunos da realidade, e melhor conhecer a história, não somente em sala, mas por alguém que a viveu.

Os professores de língua portuguesa de todas as turmas abraçaram o desenvolvimento da Olimpíada nas unidades escolares: Evanir E. da Silva, Rozangela da S. Freitas, Jaqueline N. da Costa, Nelcira M. de Oliveira, Luciana Q. Fiorentini, Luciene G. Ribeiro, Legiane B. dos Santos, Elza P. da Silva, Jordanni de S. M. V. Machado, Valeria V. Rodrigues, Helliany Apª C. de Souza, Wélida P. de Souza e Leonor R. da Silva.

A Secretaria de Educação, enaltece não somente aos alunos, mas também a todos os professores e equipe gestora das unidades escolares, que direcionam um olhar atento aos estudantes, enfatizando ainda que a olimpíada é fundamental para a formação dos estudantes e além de incentivar a leitura e escrita, a atividade também permite que sejam utilizadas outras linguagens e formas de comunicação. Pois a olimpíada faz com que os alunos sejam protagonistas desse concurso, em sentir que o seu trabalho não vai se limitar em sala de aula, que ele pode e deve ter essa abrangência para além da escola.


Todas as matérias podem ser reproduzidas, desde que citadas as fontes. As fotografias, além da fonte, devem ser creditadas com o nome do autor.